Panc: Plantas Alimentícias Não Convencionais

PANC é a sigla utilizada para Plantas Alimentícias Não Convencionais, sendo espécies comestíveis de plantas ou partes delas que podem ser consumidas mas que não fazem parte do hábito alimentar.

O nome pode parecer estranho à primeira vista, mas esses alimentos nada mais são que plantas comestíveis que surgem de forma espontânea pelo Brasil afora, muitas vezes confundidas com ervas daninhas e/ou descartadas como a folha do chuchu e da batata-doce por exemplo.

Mas é necessário cuidado: Comer PANC não significa sair colhendo toda plantinha que surgir no caminho, ou seja, é preciso saber se elas podem realmente ser consumidas, realizando a identificação da espécie.

Se você cozinha e já se arriscou com alimentos diferentes, deve conhecer espécies como ora-pro-nóbis, taioba, bertalha, peixinho da horta e flores como amor-perfeito dentre outras plantas que estão entrando no circuito de quem procura diversificar a alimentação. Todas elas são exemplos comuns de PANC — abreviação que reúne basicamente tudo que a natureza produz e você pode comer, mas não come.

 

Falando um pouco sobre Ora-Pro-Nóbis

Em tempos de Brasil colônia, o ora-pro-nóbis, frequentava as mesas do estado de Minas Gerais. Nos últimos anos sua fama se espalhou, inclusive pelos benefícios para a saúde.

Ajuda a evitar o envelhecimento precoce da pele e das células, é aliada do bom funcionamento do intestino, além disso ajuda a manter e a ganhar massa magra e o melhor: é de fácil cultivo, propagação e resistente a mudanças climáticas. Para cultivar em casa, é necessário um espaço com luz solar.

 

Alguns benefícios:

Saúde intestinal em dia: Ela é rica em fibras insolúveis onde cada 100 gramas da folha in natura contêm 4,88g de fibra. A ingestão de fibras atrelada ao consumo diário de água, ajuda a regularizar o organismo para um transito intestinal mais saudável.

Potencial anti-inflamatório e antioxidante: O chá feito a partir das folhas de ora-pro-nóbis tem função depurativa, sendo indicado para auxiliar em problemas inflamatórios como cistites e úlceras.

Elevados teores de cálcio, ferro e ácido fólico: auxiliam na fortificação de dietas, sendo uma estratégia de segurança alimentar e nutricional em comunidades menos assistidas.

 

A ora-pro-nóbis pode ser uma das grandes soluções para a alimentação orgânica, pois não precisa de grandes plantações e não requer grande quantidade de água. Além disso, pode ser um alimento muito saboroso e rico para incluir no dia a dia.

 

Esta receita de bolo é uma forma criativa para inserir a ora-pro-nóbis na sua alimentação:

Ingredientes

2 xícaras de farinha de trigo com fermento

1 xícara de açúcar

2 ovos

2 xícaras de ora-pro-nóbis picado

1/2 copo de óleo

1 xícara de leite

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes em um liquidificador. Bata até incorporar e obter uma mistura uniforme;

Transfira a massa para uma forma untada e enfarinhada. Por cima, coloque mais um pouco de ora-pro-nóbis picado;

Leve ao forno preaquecido a 180 graus até assar e ficar douradinho. Já pode servir!

 

A Maná do Brasil está atenta a alimentação saudável e oferece frequentemente esta PANC em seu cardápio.

Entre em contato com nossos consultores através do WhatsApp clicando aqui e ofereça alimentação de qualidade para seus colaboradores.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn